Pain d'épices

Pain d'épices é um bolo mais sequinho com gosto acentuado de cravo, canela e gengibre.  É uma das melhores coisas que já experimentei - comi muito em Dijon, especialidade daquela cidade - e tinha que tentar fazer.   Em outros países, é chamado de Gingerbread, e se a receita não for igual, difere muito pouco. 


Pain d'épices
(há tempos anotada em meu caderno)
  • 250g de mel
  • 250g de farinha de trigo
  • 70g de açúcar mascavo
  • 1 colher (sobremesa rasa) fermento Royal
  • 1 colher (café) de anis
  • 1 colher (café) de noz-moscada ralada
  • 1 colher (chá) de canela em pó
  • 1 colher (café) de gengibre em pó
  • 1/2 colher (café) de cravo em pó
  • 2 ovos
  • 100ml de leite morno
Em uma leiteira, colocar para esquentar o mel com açúcar mascavo, desligar o fogo antes de ferver.
 
Em um bowl, misturar farinha, fermento, anis, noz moscada, canela, gengibre e cravo moídos.  Misturar com uma colher de pau e jogar por cima o mel quente.  Quando estiver tudo incorporado, colocar os ovos, um de cada vez, misturando com a colher e, por fim, o leite morno.  Depois de misturar tudo, vai formar uma massa pastosa.

Colocar em assadeira untada com manteiga em forno pré-aquecido a 200 graus.  Assar por 30 minutos ou até o interior estar seco.

Desenformar, esperar esfriar e embrulhar em papel alumínio por 24hs antes de comer.  Dizia na receita de Lênotre, pâtissier famosíssimo na França, que era para apurar o sabor e que ele amolece em contato com o ar, então fica melhor no dia seguinte.  E é para ser consumido frio.



Algumas pessoas preferem o pain d'épices coberto com chocolate, que o deixa muito parecido com o pão de mel que encontramos em nosso país. Assim, deixo uma receita de cobertura encontrada no livro Feast, de Nigella Lawson.


Cobertura de chocolate
(de receita do livro Feast)
  • 250g de açúcar glace
  • 30g de manteiga sem sal
  • 1 colher (sopa) de chocolate em pó
  • 60ml de água
  • 1 colher (chá) de gengibre em pó
Em uma panela, derreter a manteiga, chocolate, gengibre e água, mexendo até ficar homogêneo.  Retire do fogo e misture o açúcar, com um fouet.  Aplicar imediatamente a cobertura sobre o bolo.

Minhas sugestões:
Quem não encontrar anis, usar erva-doce, o gosto não é igual, mas dá para trocar.

Dá trabalho achar cravo em pó, mas existe a venda nos mercados.  Se não encontrar, pode triturar as cabeças de cravo no pilão.

Comentários

Postagens mais visitadas