Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Abril, 2016

Tarte fine de figo com amêndoa

Gosto muito de figos, mas o que encontramos ultimamente estão sem uma polpa vermelhinha saborosa. Fiz então uma tarte fine, aquelas tortas de fruta sem recheio cremoso. Sobre uma camada de amêndoa, a fruta assa sem ensopar a massa folhada. E complemente com figo cristalizado para adocicar. Cortei em rodelas mas em pedacinhos pequenos distribuídos pela torta ficará mais saboroso.


Tarte fine de figo com amêndoa

1 disco de massa folhada (usei Arosa 26cm)1 caixa de figo roxo3 figos cristalizados1/4 xíc de açúcar cristal100gr de amêndoa1 ovo pequeno
Pré aquecer o forno a 210 graus. Tirar a massa folhada do congelador e descongelar por 20min.  Fatiar os figos em rodelas, descartando os cabinhos. Cortar os figos cristalizados em pedaços pequenos.

No processador, triturar as amêndoas junto com o açúcar cristal. Em uma saladeira abrir um ovo pequeno e bater com um garfo para misturar clara e gema. Juntar a amêndoa triturada com açúcar e misturar, formando uma pasta. Essas amêndoas vão absorver o…

Potinhos de chocolate amargo cremoso

Esses potinhos de chocolate amargo cremoso são feitos com cacau puro 100% , ou seja, zero açúcar. Pode parecer que coloquei açúcar demais, mas não. Se fizer exatamente com essas medidas, o resultado será um creme de chocolate amargo, para os amantes desse tipo de chocolate.

Potinhos de chocolate amargo cremoso
:: 6 pequenos ou 4 médios 600ml de leite2/3 xíc de cacau puro sem açúcar2/3 xíc de açúcar cristal3 colh (sopa) de maisena1 colh (chá) de café solúvel1 pitada de sal Misturar tudo frio ainda em uma panela e levar em fogo médio mexendo sem parar com fouet até engrossar. Continuar por mais 1min para cozinhar a maisena e tirar gosto dela. Passar para potinhos individuais e levar para gelar por 3 horas antes de servir. 

Pode ser servido com nozes picadas, raspas de chocolate, nibs de cacau ou powerball, como acima.

Outra abóbora recheada com risotto de gorgonzola

Sugestão para feriado em família. Já preparei essa receita duas vezes e com queijos diferentes. Dessa vez escolhi fazer com o gorgonzola, que tem um sabor forte e que combinou perfeitamente com a abóbora moranga.

O recheio é um falso risotto porque usa creme de leite, porque aqui é necessário cozinhar a abóbora. Essa receita é uma adaptação da receita da abóbora recheada com tudo que é bom (clic) da Dorie Greenspan.

Quanto ao arroz, já fiz com arroz comum e com arroz Arbório e não ficou muito diferente. O arroz Arbório tem a propriedade de continuar absorvendo líquido depois de pronto, por isso o risotto feito com ele endurece se demorar a servir. Aqui, ele tem que estar totalmente cozido para não pegar a água que ajuda o cozimento da abóbora.



Outra abóbora recheada com risotto de gorgonzola
::4-6 pessoas
1 abóbora moranga pequena inteira (diâm. 18cm)1/2 xíc de arroz Arbório ou arroz comum (*)azeite e 1/2 cebola pequena picada200ml de creme de leite100ml de leite 100gr de queijo muçarel…

Panna cotta de Nutella

Algumas receitas ficam tão surpreendentes que se não escrevermos logo como fizemos, esquecemos das quantidades. Recebo sempre muitos posts sobre receitas com Nutella, e que me recusava a fazer por achar todas muito pesadas e calóricas. Um dia resolvi inventar uma receita de panna cotta de Nutella, e estimei a quantidade de gelatina, que foi um pouco menos do que a usada abaixo. Para os aventureiros que queiram uma panna cotta no limite de desmontar, use apenas 1 pacote (12gr) de gelatina. Não diminua a quantidade de Nutella senão a panna cotta ficará sem gosto.



Panna cotta de Nutella
:: 8 potinhos individuais
800ml de leite integral200ml de creme de leite2 colheres (sopa) de açúcar350 a 400gr de Nutella2 pacotes de gelatina em pó sem sabor 10 colheres (sopa) de água Colocar o leite, creme de leite e açúcar em panela pequena e mexer até quase ferver. Desligar o fogo e preparar a gelatina.

Colocar a água em uma xícara, juntar a gelatina e esperar inchar. Levar ao micro ondas para esquenta…

Frango assado com mostarda, mel e cerveja

O frango assado com mostarda, mel e cerveja é daquelas receitas para colocar no forno e esquecer pois não dá trabalho nenhum. Um frango mais que perfeito para preparar para muitas pessoas. Servi com um arroz de coco (clic) que combinou super bem!


Frango assado com mostarda, mel e cerveja
:: 4-6 pessoas 4 coxas de frango4 sobrecoxas3 colh (sopa) de mostarda com grãos (preferencia) ou a comum2 colh (sopa) de mel1 colh (sopa) de óleo (uso canola ou girassol)1 colh (sopa) de tempero Salt Free da Bombay (substituição abaixo)1 colh (chá) de sal1 garrafa pequena ou lata de cerveja clara Pré-aquecer o forno a 210 graus. Misturar óleo, mostarda, mel, sal e tempero Salt Free com uma colher dentro de uma saladeira. Colocar os pedaços de frango e misturar tudo com as mãos até todos os pedaços estarem cobertos de molho. 
Colocar os pedaços arrumados lado a lado em uma assadeira de metal e cobrir com o resto do molho. Despejar a cerveja na assadeira - ela deve cobrir o frango até a metade da altura d…

Bolo de Milharina com coco e anis (low açúcar, low gordura)

Bolinho de fim de tarde, esse é um bolo de Milharina com coco que não usou farinha integral e foi feito com bastante coco em tiras. Ficou pouco doce e não levou leite de coco. Faço cada bolo de um jeito para testar e essa eu classifico de low açúcar e gordura.



Bolo de Milharina com coco (low açúcar, low gordura)
:: forma redonda de silicone de 20cm)
1 xíc de milharina1 xíc de farinha de trigo1 xíc + 1 colher (sopa) de açúcar cristal ou demerara1 colher (chá) de fermento2 ovos1/2 xíc de óleo de girassol1/2 xíc + 1 colher (sopa) de leite1 xíc de coco em tiras fresco1 colher (sopa) de sementes de anis ou de erva-docePré-aquecer o forno a 180 graus.

Em um bowl, colocar: farinha de trigo, milharina, açúcar cristal, fermento e misturar com uma colher.

Em um outro bowl de preparo (maior), colocar os ovos e bater com fouet em forma de omelete. Acrescentar o óleo e o leite e bater mais um minuto. Colocar metade dos ingredientes secos e misturar com o fouet até a farinha desaparecer, sem bater muito…