Abóbora recheada com tudo que é bom

A pessoa que publicou essa receita, uma chef chamada Dorie Greenspan, chama a mesma de Abóbora recheada com tudo que é bom, e o nome já parece gostoso.  Ela diz que a receita veio da irmã de uma amiga, que tem uma fazenda produtora de abóboras perto de Lyon, França.  


Abóbora recheada com tudo que é bom
(adaptada da receita do livro Around my French table)
  • 1 abóbora inteira, de aprox. 1,4kg
  • sal e pimenta do reino moída
  • 115g de pão de forma, sem casca e cortado em cubos.
  • 115g de queijo gruyère, emmental ou cheddar, ou mistura deles, cortados em cubos
  • 2 a 4 cabeças de alho, cortados no meio, germe retirado (1), e finamente picados
  • 4 fatias de bacon, fritas até ficarem crocantes e escorridas em papel toalha
  • 1 colher (sopa) de tomilho fresco (as sementes, não o galho)
  • 250ml de creme de leite
  • 1 pitada de noz moscada ralada
Achar um tabuleiro que caiba a abóbora inteira, e forrar com um tapete de silicone (2), para evitar que a abóbora grude. Provavelmente sua abóbora vai para a mesa nesse tabuleiro, pois tentar retirar pode desmontá-la.

Usando uma faca afiada (e cuidado para não se cortar), retirar a tampa da abóbora, de forma que consiga alcançar seu interior e, com uma colher de sopa, raspar e retirar todas as sementes e fibras de dentro. Espalhar em seu interior sal e pimenta do reino generosamente, usando as mãos para alcançar os cantos.  Coloque também sal no tapete de silicone ou no tabuleiro.

Em um bowl, misturar juntos o pão, queijo, alho, bacon e tomilho.  Temperar com pimenta do reino; você já tem bastante sal no queijo e no bacon - e coloque tudo isso dentro da abóbora.  Você pode precisar um pouco mais ou menos da mistura acima, pois depende do tamanho de sua abóbora, mas eles devem preencher o buraco interno. 

Misture o creme de leite com a noz moscada ralada, o sal e a pimenta do reino.  Jogar dentro da abóbora, por cima da mistura queijos e pão.

Coloque a tampa novamente na abertura e asse a abóbora por aproximadamente 2 horas, checando após 90 minutos iniciais, ou até que o interior esteja borbulhando  e a casca da abóbora esteja macia quando espetada com um garfo.  Como a abóbora produz líquido ao assar, tirar a tampa nos últimos 20 minutos para que ele seque e que a superfície dos queijos fique dourada.

Quando a abóbora estiver pronta, com muito cuidado porque está quente e desmontando, traga para a mesa ou transfira para um prato de servir.

Meus comentários:

A minha abóbora não era tão gigante, e foi para a mesa na própria assadeira em vidro.

(1) Essa estória de retirar o germe eu li em alguns livros: dizem que o germe é que deixa o alho indigesto, e quando retirado esse miolinho, ele perde essa propriedade de "ficar na memória"...

(2) Já fiz sem esse tapete, mas acabei comprando um para outras utilidades.  

Comentários

Postagens mais visitadas