Steak molho poivre

Um dos segredos de um bom filé está em seu molho.  O cliente principal prefere carne com molho, sempre que possível.  Como não é o meu caso, gosto de colocar o molho separado.  O molho ao poivre é um dos que deixa o filé mais gostoso.  Com sua tradição na cozinha francesa, este aqui está enfeitado com rodelas de cebolas douradas na manteiga.  Não faz parte da receita original, mas de um acréscimo meu, naquele dia.

Molho poivre

Steak au poivre
(adaptado do livro Petit Larousse de la Cuisine)
  • 4 colheres (sopa) de cognac
  • 4 fatias de filet mignon de 3cm de espessura
  • 1 colher (sobremesa) rasa de pimenta preta mal esmigalhada *
  • 30g de manteiga
  • 150ml de creme de leite
  • sal
Colocar o conhaque em um prato fundo e colocar os filés dentro e deixar por 1 minuto cada lado.  Em outro prato, espalhar a pimenta preta esmigalhada (não é moída, é amassada grosseiramente) e passar cada filé pela pimenta, dos dois lados.  Salpicar sal nos dois lados do filé.  Deixar repousando por 15 minutos.

Derreter a manteiga em uma frigideira (preferencialmente de ferro) e dourar nela os filés, 2-3 minutos de cada lado, sob fogo alto.  Retirar os filés da frigideira e despejar o cognac.  Deixar reduzir, mexendo com uma colher de pau para desgrudar os sucos da carne colados na frigideira.  Quando o cognac estiver reduzido um pouco, juntar o creme de leite e acertar o sal.


Recolocar os filés na frigideira e envolver de molho.  Servir quente.


* a técnica dos chefs é usar uma faca larga de lado para esmigalhar a pimenta.  Basta quebrar a semente.



Comentários

  1. Adaptei a receita original do livro, que tinha pimenta demais! Amiga alertou que ficou muito ardido. Agora, a pimenta do reino está 1/4 da quantidade original.

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Deixe seu comentário, dúvidas ou recados para mim.
Eles são lidos antes de publicados. Obrigada.

Postagens mais visitadas