Costeleta de cordeiro e tomilho e cidade onde nasceu o perfume

Este prato eu realmente adoro- Cotteletes d'agneau au thym.  Tem um sabor delicado e que dissolve na boca.  Não encontro facilmente costeletas de cordeiro para vender, e já me ensinaram um açougue especial de carnes ditas "exóticas", apesar de que eu não ache cordeiro exótico.  Na França é muito comum, e saboreamos um prato de costeletas maravilhoso em Grasse, cidade do sul da França onde foi inventado o perfume.


Costeletas de cordeiro com tomilho
(adaptada do livro Petit Larousse de la Cuisine)
  • 6 colheres (sopa) de azeite de oliva
  • 1 colher (chá) de tomilho seco
  • 6 pequenas costeletas de cordeiro
  • sal e pimenta do reino
Colocar o azeite em um bowl com o tomilho, misturar e deixar por 1 hora em temperatura ambiente repousando.  Untar cada costeleta com esse azeite, dos dois lados, e colocar em frigideira quente.  Deixar grelhar por 3-4 minutos de cada lado.  Temperar com sal e pimenta.

Minha sugestão:  Servir acompanhada de um purée de batata caseiro, com salsinha.  Coloco a receita em um outro post.



Grasse, a cidade onde nasceu o perfume

O filme O Perfume, inspirado no livro de mesmo nome escrito por Patrick Süskind, tem como cenário esse pequeno vilarejo, que fica escondido nas montanhas atrás da cidade de Cannes, na região francesa da Côte d'Azur. É lá que nasceu a produção dos perfumes, e ainda é a região onde estão concentradas as fábricas de essências, e plantações de flores para abastecer o mundo dos cheiros.  A cidade é encantadora, com suas ruelas pequenas e em forma de ladeiras estreitas e sinuosas.  De fácil acesso de quem vem de cidades maiores como Nice e Cannes, esse village esconde várias pracinhas, uma com o mercado local, e em quase todas estão os restaurantes.  Escolhemos naquele dia almoçar em uma das praças, com pequenos restaurantes de área aberta, cobertos de sol e com a brisa fresca vinda do mar.





Perca-se no site da cidade de Grasse.

Comentários

Postagens mais visitadas