Caracol de passas

Resolvi experimentar fazer uma receita de pão adocicada parecida com brioche recheado de passas.  Era fim de tarde de um fim de semana chuvoso quando vi a foto em um site francês - fiquei com água na boca...  A receita era com passas pretas, eu tinha em casa passas brancas - tenho usado mais elas ultimamente porque são mais doces - então fiz a troca.  Não me arrependi!


Caracol de passas
  • 250g de farinha de trigo
  • 1 pacote de fermento instantâneo de pão
  • 80ml de leite morno
  • 1/2 xícara de açúcar
  • 1/2 colher (café) de sal
  • 40g de manteiga
Colocar na batedeira de fazer pão a farinha, açúcar e sal.  Juntar o fermento em pó e misturar tudo.  Amornar o leite (não deixe esquentar muito) e jogar sobre os ingredientes secos e ligar a batedeira na velocidade baixa - para pão.  Bater a massa por 2 minutos, acrescentar a manteiga cortada em pedaços pequenos.  Deixar bater a massa por 10 minutos.  Se for preparar com a mão, amassar até que a manteiga se incorpore completamente com a massa.
Passar para um bowl, cobrir com um pano e prato e colocar em um local quente e seco para crescer (em cima da geladeira, perto do fogão, ao lado da cafeteira) por 1h 30 minutos.

Após 1h 30 minutos, ligar o forno a 200 graus.

Depois de ligar o forno, amassar a massa para retirar o excesso de ar, abrir com um rolo formando um retângulo (da melhor maneira que conseguir) e espalhar por cima a mistura de açúcar cristal, canela e salpicar de passas.  Enrolar a massa como um rocambole, pelo lado mais largo, para dar menos voltar.  Com uma faca afiada, cortar fatias do "rocambole"de aproximadamente 1 dedo de largura, e arrumar em um tabuleiro grande, forrado com papel Dover ou papel manteiga.  Essa tarefa deve levar uns 15 minutos, tempo necessário para o forno estar bem quente.

Colocar o tabuleiro para assar os pães por aproximadamente 20 minutos, observando se estão ficando dourados e assados.

Retirar o tabuleiro do forno e deixar esfriando em cima do fogão e somente quando estiver morno, retirar do papel e servir.  Pode ser guardado em um prato, depois de frio, coberto com película de filme plástico.



Meus comentários:
Como podem perceber, a minha massa não cresceu muito.  Não sei se porque guardei esse fermento em armário perto do forno).  Com isso, eles ficaram parecendo um biscoito, mesmo assim muito bons com o café naquele final de tarde.


Comentários

Postar um comentário

Deixe seu comentário, dúvidas ou recados para mim.
Eles são lidos antes de publicados. Obrigada.

Postagens mais visitadas